Madonna vem aí!

Confirmado: Madonna vai fazer dois shows no Brasil. Comemoração (Êhhhhh!). Mas vem cá: DOIS SHOWS? DOIS?

Isso me cheira a organização exploradora que prefere "enfiar a faca" no preço dos ingressos apavorando os fãs com a possibilidade de ter apenas duas apresentações. E lembrando que será um show no Rio e um em São Paulo... então a correria será ainda maior.

Claro que vou tentar ir no show para ver Madonna, que é, sem dúvida, uma das maiores artistas de nossa época. Principalmente por, como mulher, ela ser tão poderosa na mídia. Mas isso é assunto para outro post. O que me irrita nessas situações é que no Brasil não se tem o menor respeito por quem se dispõe a assistir um show. Só relembrando, alguém lembra da confusão que foi comprar ingressos para ver o U2, há dois anos? Gente que passou a noite na fila (eu fui uma delas), falta de organização na hora da venda, gente comprando ingressos fraudulentamente no guichê especial (para idosos, deficientes e grávidas). O site, claro, não resistiu ao número de acessos e não funcionou. Depois, venda pelo telefone: a coisa mais injusta do mundo porque você depende da sorte para conseguir cair na linha sem ficar na espera.

Quando o Coldplay veio ao Brasil, recentemente, o mesmo problema: uma única apresentação, um preço salgadíssimo (R$500 no mínimo), em uma casa de shows minúscula - a Via Funchal. Conclusão: quem foi ao show (esse não me habilitei) reclamou bastante que o som ficou abafado, que o lugar estava lotado e que pagou muito por uma apresentação que não valeu tudo isso. Essa experiência me lembrou também o show da Norah Jones, que foi no Via Funchal, e que custou caríssimo. Você comprava o lugar (sentado na mesa) e descobria que, olha que bacana, a organização simplesmente abarrotou o lugar com tantas, tantas cadeiras, que não tinha espaço para ninguém andar (nem mesmo os garçons que nos vendiam água a R$5).

Indo bem mais perto na história, basta ver o que aconteceu com quem quis comprar ingressos para o show de João Gilberto aqui no Auditório Ibirapuera, ou da dupla Caetano e Roberto Carlos (que aconteceu no Rio fim de semana passado e também será realizado por aqui). Novamente o mesmo problema: filas imensas, um site que não funcionava (teve gente que comprou o ingresso antes do horário determinado para o começo da venda enquanto outras pessoas nem conseguiam acessar o endereço), confusão pelo telefone - sua ligação não garantia a compra, apenas colocava você numa "lista de espera". E os preço??? Salgados! Não estamos falando de trocado. Afinal, estipular um preço em R$200 no mínimo é excluir um monte de gente da oportunidade de se divertir. E para mim, isso é sinal de exploração. (Sem comentar que, no show de João Gilberto, para quem não sabe, mais de 300 ingressos ficaram reservados para "convidados", vide nossas pseudo-celebridades e seus amiguinhos). Assim fica fácil né!

Mas vamos lá. A Madonna vem aí, vale fazer um esforço e ver o que rola. Agora, me fala: você traz a mulher da casa dela em Londres para fazer UM único show em São Paulo? Tenha a dó! Quem quiser saber mais sobre o show, clica no link... tem preços, datas, etc.

7 comentários:

Lucy Lane disse...

Malu, você já foi em algum show eaí em Portugal? Como é? Alguém já passou por essa experiência fora do Brasil? Me conte!
Bjos
Lu

Cristiane disse...

E agora?

Fabiana disse...

É Lucy... também tenho a mesma sensação de estar sendo explorada... e as pessoas que não podem pagar quantias absurdas por uma noite de diversão, por mais que gostem ou sejam fãs desses artistas.... tem coisas que não valem o desgaste e o preço...

Bjs,
Fabi (www.mulherdefases.com)

Marja disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Garotas de Vinte e Poucos disse...

Lucy, além de 2 shows a média de preço é 400 pila.
vai vendo.... como se sobrasse todo mês 400 reais p/ ir ver loiras remexentas. (lógico que iria se sobrasse por ai...)
*Lala*

Leo disse...

Pois é....acho que se vc quer realmente ir é bom deixar um espacinho reservado pra ir guardando o dinheiro aos poucos......afinal, será que ela um dia vai voltar depois desse show?

E boa sorte com as depilações! Ainda bem que nós homens não preocupamos com os pelos nas pernas....

mas o esforço de vcs vale a pena! Nós aprovamos!

bjos

Lucy Lane disse...

Genten, se liguem que esse assunto ainda vai dar muito pano pra manda. Acabei de ler na Folha Online que o Procon e o Ministério Público estão achando totalmente ABUSIVAS as práticas da empresa que está trazendo o show pro Brasil. Fora o abuso do preço que por aqui é muito mais caro (tipo mais que o dobro) que em cidades como Paris ou Londres. QUE FEIO!