Socorro, virei uma mulherzinha

Sexta-feira à noite e você não vai ver seu namorado. Primeiro porque ele começa a trabalhar às dez da noite; segundo, porque você ficou presa no rodízio e agora ele está ocupado, tem as coisas dele pra fazer antes de ir para o trabalho, blá-blá-blá.

Resultado: pequeno surto mulherzístico! Virei uma mulherzinha por alguns minutos.

Com voz de birrinha, falei: "Mas hoje é sexta, a gente não vai se ver??". "Sim, mas daí a gente se vê amanhã, amor...", disse ele. E eu: "mas e agora, vou fazer o quê?".

Vergonha, Luciana! Vergonha!!! Fiquei de bico, desliguei o telefone com a certeza de que ele não gosta mais de mim e que fatalmente nossa relação estava em crise.

Surto!!!!!! Virei uma mulherzinha!! Fui encorporada por uma dona-de-casa-desesperada! Cai num balde cor-de-rosa minha gente!!!!

Socorro! Me amarrem no pé da cama, me joguem um balde de água fria, me levem num bar lotado de homem solteiro e gato (nem precisa ter inteligência envolvida). Tratamento de choque pra expulsar essa "mulherzinha" que se apossou de mim.

Alguns minutos depois, me deu um acesso de riso. A sanidade voltou e comecei a rir da palhaçada que fiz no telefone. Me belisquei, olhei no espelho e fiz uma cara de... LIBERDADE! Meu namorado não define quem eu sou. Ao contrário: sou uma mulher independente, moderna, vacinada e com diversas possibilidades.

Dá trabalho lutar contra essa criação patriarcal a qual somos submetidas durante toda a nossa vida. "Mulher tem que casar, mulher tem que ter filho, mulher sozinha... solteirona". Graças a Deus Carrie, Samantha, Miranda e Charlotte estão aqui para nos salvar com esta que é a nossa bíblia moderna - "Sex and the City".

Tomei um banho, troquei de roupa. Acho que vou ao cinema com uma amiga. Não tem nada melhor do que uma boa companhia pra exorcizar esses fantasmas que de vez em quando chegam perto da gente! Sai encosto que pus um salto e vou pedir um cosmopolitan.

PS - Assisti à "Sex and the City". Logo mais posto o que achei do filme aqui. Não perca!

9 comentários:

Ana Barros disse...

Quando este tipo de coisa rola, a melhor coisa é colocar a culpa nos malditos hormônios (rs)
Afinal, como explicar estas nossas recaídas sem cairmos no ridículo? Não dá, né ?! :-)

Rafa disse...

haha.
Que mulher bem resolvida nunca teve um ataque de mulherzinha na vida?
Depois que passa que é engraçado!!!!!
beijos

Anônimo disse...

Graças ao bom pai não sou só eu que tenho isso. Obrigada Lucy.

Flávia disse...

"Nada melhor do que uma boa cmpanhia para exorcizar esses fantasmas..." Thanks Lucy! Você também exorcizou alguns dos meus... Conselhos mega valiosos ontem. Precisamos conversar mais. Mil beijos xuxu!

Dizem por aí disse...

é cosmopolitan

luisa disse...

ainda bem que tem mais gente que assume as recaídas! é assim mesmo.. o problema é quando a sanidade não volta!
eu já vi o filme, era super fa da serie também, me divertia horrores com os dilemas-mulherzinha da Carrie.. ela sempre acordava depois da besteira feita! Mas a minha crise é acreditar na diferença entre solteira e solitária! ver que nao sou chata, feia ou gorda por nao ter um namorado.. nem preciso ser infeliz com esse horizonte vazio! Ligo pras amigas e aproveito para conhecer lugares novos, contar as novidades ou só rir das bobagens de todo dia!

Vanessa disse...

Lu, sei muito bem o que é ter ataques de mulherzinha. Tenho muitos! Aliás, sou bem "mulherzinha". Hahaha! Mas acho que isso é superválido, de vez em quando. A gente realmente sente saudades, às vezes. Acho que não tem nada de errado em fazer uma pequena 'manha', por querermos ver nosso namorado na sexta-feira, depois de uma semana inteira difícil. O importante é dosar um pouco isso, pra não virar uma chata-de-galocha-carente-insuportável.
Beijocas,
Vance

marcia disse...

Adore,lu!!temos que exorcizar este tipo de comportamento,não pq seja mulherzinha e sim pq no final quem se sente mal somos nós mesmas!!!bjokas

Lucy Lane disse...

Pois é Marcia... temos que ser inteligentes e identificar a tempo quando deixamos de ser fabulous para sermos choraminguentas...
Bjos