Estilo. Você tem um pra me vender?

Nas duas últimas semanas passei por lugares bem alternativos, como o Clube Glória e o show do Paramore. Nos dois, vi pessoas bem diferentes das quais estou acostumada, mas com "códigos de estilo" muito parecidos. Sabe quando alguém passa e você pensa "eita, porra!"? Isso que eu vi!

Aliás, eu nunca vi tanta gente igual. Cabelo, roupa, tatuagem, acessórios... Uma sensação de dejà vu constante.
Mas duas coisas me deixaram intrigadas a ponto de dar uma de paparazzo no show do Paramore:




1 - O que é este penteado sertanejo-mullets-despenteado repaginado, minha gente? Chitãozinho e Xororó que devem se orgulhar de sua prole! 90% das cabeças tinham este corte horroroso nas versões comprida (para mulheres) e curta (para os homens). Se batesse todo mundo junto no liquidificador, dava um suco de Fresno.




2 - Há uns tempos atrás, vi que a calça skinny colorida estava em alta. E não é que esse povo emo curtiu? Tem pra todos os gostos: laranja, azul royal, amarelo, pink. Fiquei ofuscada com tanta cor. E o que tem de errado seguir as tendências e usar calça colorida, dona esforçada? Nada, ué, exceto quando todas as pessoas se vestem feito clones.

E você, tem estilo?

18 comentários:

Leci Irene disse...

Amei!!! hahaha!!!!!! Eu tenho estilo. Ou será que não? Ora pois! Nas minhas formas nada curvilineas(é assim que se escreve?), tenho dificuldade de encontrar algo que goste, que não seja igual ao que as outras usam, mas que não sejam roupas que as mer.. das fábricas fazem pro meu tamanho-tudo igual, sem forma, sem um "quê" que desperte o desejo de usar.. aí,aí, aí...
Bjs
Leci
http://lecirene.blogspot.com

Kell disse...

Ainda bem que meu cabelo é cacheado. Imagina se meu cabelo fosse liso (A.K.A. bom), me desse 5 minutos de loucura e eu mandasse cortar estilo Chitãozinho e Xororó?
Acredite... quando pequena meu cabelo já foi liso, lá pelos 7 anos, e minha mãe cometeu o crime de mandar cortar assim. Odeio todas as fotos dessa época!
Se mata!

Beijos.

Amanda disse...

Ahahahah... o pior é que eu imaginei vários cantores sertanejos pulando na tela do monitor, tipo essa montagem ae que você fez, ahahhaahah... ah, cara, esse negócio de todo mundo vestir-se igual é meio chato mesmo. A impressão que me dá é que a pessoa ainda não teve coragem de brincar com as cores e de tentar se aventurar na frente do espelho, descobrir o que fica melhor nela, o que combina com a vida dela. No fim das contas, acho que a pessoa corre o risco de usar a moda como código de identificação social mais do que como identificação pessoal, por isso o 'todo-mundo-tá-vestindo-igual' da cena que você viu. É meio sacal, mas é um risco que volta e meia todas nós corremos, rsrs. Beijo graaaaande!!!

Fernanda disse...

Tenho, tenho estilo by Fernanda.

hahahaha

Gisele Moura disse...

Ai que medo. Isso significa que está chegando ao Brasil a tribo Krocha, diretamente da Austria. Eles usam cabelo Vokuhila, quer dizer mullet. lenços ou echarpes Xadres, bonés Ed Hardy, as franjas são cortadas na diagonal, torta mesmo. E a pele... passa horas tostando em sessões de bronzeamento artificial. Krocha dança uma coisa que é uma mitura de brake com charleston. E se espalham como formiga. É um movimento da juventude proletaria todos trabalham para compras seu cinto D&C e celulares com mp3 e camera digitais que infelizmente estão sempre no último volume nos metros de Viena. E claro só andam em bandos... O boné Ed Harry tem que ser florescente e custa 100 euros. Mas pode ser usado um genérico no alto da cabeça sem encaixar na teste no melho estilo "o seu boné tá caindo velho" e claro se tratam por e aí véi, ou véia, em seus correspondentes de dialeto austríaco. é uma beleza. Se alguém quiser ser informar mais a respeito leia aqui: nesta versao traduzida da Wikipédia. Eu lamento saber que eles estão invadindo São Paulo.

.marionete. disse...

Nossa.. até fiquei chocada com os amarelões.. huahauhaua Mas como é bom saber que tenho o meu estilo, será que tenho mesmo? agora vc me pegou esforçada.. rsrsrs

Beijos, adorei o espaço de vcs.. tá linkado!

Cristiane disse...

Gisele do céu, choquei com o seu comentário!!! Seriam eles? rs

bjos

Ana Barros disse...

Acho que o melhor estilo é não se render a estas modas ridículas que aparecem a todo momento.

Ana Barros disse...

Acho que o melhor estilo é não se render a estas modas ridículas que aparecem a todo momento.

Anônimo disse...

Ah... esse negó de moda é muito perigoso...
O povo tá tudo uiniformizado, cada um representando sua tribo.
Quando a gente não tem tribo definida, atira prá todo lado:
tem dia que tô na dos indianos, as vezes nas das peruas, executiva sóbria, e tem dia que ataco de "sebastiana quebra-galho".
Mas o pior de tudo foi outro dia que eu coloquei um lencinho super fashion na cabeça e a uma "dona muié" que trabalhava comigo falou que eu estava parecendo uma faxineira. Fiquei f... (não desmerecendo nossas secretárias da limpeza).
Beijos
Mami

Drunken Alina disse...

Hahahah, pode crer,os mullets voltaram!!
Acho NO-JEN-TO!
Meu namorado queria ter um, mas eu o proibi suavemente,rs!!

Rafa (guapinha) disse...

ah! o meu estilo que é básico.


beijos meninas

tô saindo de férias em direção a terra da garoa!!!

beijosssssssssssssssss volto em dezembro

.marionete. disse...

Rá! Tem razão Cristiane.. Caiu como uma luva.. complementamos nossos textos.. Beijão e volte sempre!

A Publicitária disse...

O estilo estiloso de cada ser...

tulazombie disse...

Graças a Deus!!!!!

Mais uma que pensa como eu...onde está a individualidade desses jovens??!!

Admirável mundo novo moderno ;D rá!



Bjsssss....

Ah...e gosto muuuuuito deste blog.

Srta. Scarpin disse...

Estilo que crio!!! hehehe Dependendo do dia!

Parabens meninas pelo blog.

Val disse...

Joguei no Google para descobrir o que é mullets kkk Tô velha mesmo kkk.

Odeio uniforme fashion. Ou seja, virou moda vc é obrigado a vestir. Aqu na minha região é o tal do vestido ou bata xadrez, com gola redonda e botão grande.AFE!!!!!! O pior são as cinquentonas sem estilo algum vestindo as batinhas das filhas...

sem comentários...

Gisele Moura disse...

É Cristiane, podem ser. Mas podem também não ser. Esse negócio de Subcultura é ainda muito novo para mim, to aprendendo muito com o mundo da moda.

Uniformes e subcultura combinam super bem.

Agora quem não está na moda e tem seu próprio estilo é anti-fashion.
Faça seu estilo e se divirta. Eu to mais ou menos nessa linha.