Cara, cadê meu carro?

Ontem acordei cedinho, peguei meu carro e fui trabalhar. Depois de 1h20 de congestionamento, estava na editora. Como jornalista não trabalha cedo, às 8 da manhã o estacionamento estava vazio, vazio... Parei o carro em uma das primeiras vagas feliz da vida, afinal não teria que andar até onde o "Judas perdeu as botas" para buscá-lo mais tarde.

Lá pelas 5, resolvi ir embora. Peguei minha super-mega-bolsa e fui. Quando eu estava pra lá do meio do estacionamento, parei e pensei "cadê meu carro?" Olha o que a força do hábito faz com a gente! Justo hoje que iria economizar uns passinhos...

Abri a bolsa, peguei a minha chave, fiz cara de interrogação e voltei fingindo que havia esquecido alguma coisa. Como se alguém estivesse reparando em mim  - sempre acho que o mundo repara no que eu estou fazendo, tipo mania de perseguição...rs

Tá. Depois de mandar um sedex pra mim mesma, essa foi fraca...

9 comentários:

Raquel disse...

mas vc achou o carro???

Ana Barros disse...

Eu também sempre dou uma de "Migué" nestes casos. Uma vez, qdo adolescente, fui pra aula de Inglês no dia errado. E só pra não dar o braço a torcer, dei a volta no quarteirão. Como se houvesse alguém super-interessado no que a gente faz, né ? rs

Amanda disse...

ahahahaha, como assim sedex pra vc mesma? ahahahah!!!! nossa, eu já perguntei onde estavam meus óculos (eles estavam no alto da minha cabeça), meu celular (estava na minha mão), esqueci as chaves de casa na porta... hehehe, não fico muito atrás, não... =)

obs.: o site está lindo de morrer! vou adicionar nos meus links, ok? beijo, meninas!

Gisele Moura disse...

Quando tirei carteira de motorista, fui para a universidade com o carro do meu pai que viajava e voltei a pé. Pior mesmo foi voltar de onibus para pegar o carro e descer a ladeira da UnB a pé. Todo semestre eu assistia uma aula em turma errada, sala errada dia errado... bem...deixa para lá. Chave do carro? Fiquei Mega hiper feliz com meu primeiro(e único) carro zero por que o vendedor me deu duas chaves, e eu não ia precisar fazer uma cópia para andar com as duas dentro da bolsa. Chave na ignição? Deixa para lá! Já voltei metade do caminho para buscar coisas em casa. E para sair de casa é um sufoco a cada minuto desligo o motor e volto para pega alguma coisa. Desligada, eu???

Leo disse...

os estacionamentos não deviam ter nomes B3, D8, A7....devia ter nome de comida, palavrão, música...sei lá...

Aahh...hoje eu parei no 'Melancia' ou no 'Puta Merda' ou no 'Dança do Quadrado'

Rafa disse...

achou?? não achou??ahhhaa

Cristiane disse...

Gisele do céu, vc tá bem pior que eu... kkkkkkkkkkkkkkkk

leci irene disse...

ái, Penélope Charmosa! Carro cor-de-rosa e não encontrou? pensavas em quem? espero que não tenha sido no Dik Vigarista! hehehehehe

Fernanda disse...

Parei o carro em uma das primeiras vagas feliz da vida, afinal não teria que andar até onde o "Judas perdeu as botas" para buscá-lo mais tarde.


Vc teria que deixar o espaço para estacionar para outra pessoa que fosse precisar mas, como por exemplo alguém atrasado. Isso é exemplo de pensar no próximo.