Então é Natal... mas já?

Cheguei em casa ontem e dei de cara com um treco brilhante postado ao lado do sofá. É a árvore de Natal? Pensei, apesar de ter constatado de cara que era a própria. A incredulidade talvez se deva ao fato de que árvore de Natal = irremediável final do ano. E daí lá vem aquela correria louca na qual as pessoas se metem como se com o fim do ano elas também fossem terminar.

Eu gosto de árvores de Natal, de luzinhas de Natal, gosto até de Papai Noel. Essa coisa de implicar com os símbolos natalinos para mim cheira a ranhetice. Afinal, que mal eles fazem? Nenhum. Na verdade, todos esses penduricalhos coloridos, purpurinados, brilhantes só adornam a cidade que é cinza na maior parte do ano. E dentro de casa essa idéia também vale.

Agora, como nada é perfeito, o Natal - ou melhor os dias que se seguem até ele chegar - são cheios de filas, pessoas enlouquecidas, propagandas e promoções de tudo, consumo desenfreado, rabanadas calóricas em família, amigos secretos com pessoas da firrrma, etc, etc. Micos que só o fim de ano pode trazer para você.

Mas isso é um capítulo à parte. Esse post é para falar mesmo de árvore de Natal, de fim dos tempos, de ano novo e de como a vida passa. Foi tudo em que pensei quando as luzinhas brilharam diante dos meus olhos, assim que entrei em casa. É... já chegou o Natal. Então tá!

*Foto feita do meu celular novo... tá meio escura, mas é possível ver a luz

4 comentários:

Vance disse...

Senti a mesma coisa quando entrei no Morumbi Shopping no último sábado e dei de cara com umas estrelinhas transparentes - que tinham o intuito de simular gelo ou neve - penduradas no teto. Sim, o Natal JÁ chegou... Medo!
Bjs

Cristiane disse...

n�o fale assim. senao n�o vou querer te tirar no amigo secreto da firma. rs
odeio o natal. bleh
cris

Cristiane disse...

n�o fale assim. senao n�o vou querer te tirar no amigo secreto da firma. rs
odeio o natal. bleh
cris

Alex Alves disse...

Olha, as árvores e luzes são mesmo um atrativo a parte. Bonitinho de ver. Mas pra que raios serve o Natal, senão como um feriado a mais em nosso calendário brasileiro? Que mané celebração de nascimento de Jesus. Que mané ceia natalina feliz em família! Tenho dó de quem lava toda a louça da porra da ceia. E sem falar no caos de filas e stress, algo que brasileiro AMA! Vai entender. Eu só queria saber quem foi o filho da p...que me fez perder a crença no velho gordinho que trazia os presentes da minha lista! Alguém por favor me sirva uma tequila!!!