Eu quero uma casa no campo...

Seis livros lidos pela metade. Ou quase. Nos últimos tempos não consigo me concentrar em cima de páginas, por mais que o assunto me interesse. Viagem, música, cinema, biografias... nada feito. Completei meu sexto livro incompleto, uma biografia de Eric Clapton que meu namorado devorou em uma semana e eu estou cozinhando há três meses.

Não consigo dormir direito. Demoro para pegar no sono, demoro para levantar da cama. Quero ficar acordada até as três da matina, quero jogar o edredon de lado só depois das onze da manhã. Resultado: olheiras de urso panda e três tipos de base para a pele na bolsa.

Estou sempre atrasada. Tudo bem isso é meio normal na minha vida, mas sinto que está piorando. Estou atrasada para tudo, estou sempre correndo, acelerada, desesperada. Cansaço...

Não tenho mais um assunto decente para comentar... às vezes me dá branco no assunto. Tenho que correr para ler mais sobre a acirrada disputa dos candidatos à presidência dos EUA (o que é deveras interessante) ou sobre as novas tendências para a moda de inverno... (o que é prático). Mas tudo que sei de cabeça é que Alinne Moraes (ergh) se separou de Sergio Marone (ergh de novo) ou que a louca da Britney deixou o hospital e saiu com as calçolas à mostra pela milésima vez em sua vida medíocre.

Piloto automático. É nisso que estou ligada. Minha memória está cada vez pior, não tenho tempo para nada, desligo da conversa se a pessoa começa a falar frases grandes demais, me sinto cansada até para fazer a social na hora do cafezinho... E aí, algum conselho para dar?

Sem naufragar na auto-piedade, sem pedir para que resolvam meus problemas, assumo minha culpa, máxima culpa, pela minha própria situação. Claro que isso também não adianta muito... serve para reconhecer que, quando você quer algo diferente, tem que fazer e ponto final.

Ao menos eu sei que minha vida anda uma bagunça, que eu voltei a ter devaneios de fuga do caos para os Lençóis Maranhenses e desejos de vender sanduba na praia para sair da rotina e do jogo. Mas isso não possível, é?

3 comentários:

amanda disse...

Talvez alimentação errada esteja te deixando sem energia... horários de sono muito variáveis também não são lá tão saudáveis... normalmente, quando eu tenho esse cansaço, é alimentação. Já procurou ver se a sua tá legal pro seu corpo? Beijão!

quem disse...

Então Amanda, sabe que eu estou comendo superbem? Meu namorado é natureba, estou atualmente conhecendo o maravilhoso mundo dos integrais, fora as saladinhas e as frutas. Fiz uma mega dieta tempos atrás e agora carrego sempre uma frutinha na bolsa. Deve ser outra coisa eu acho... mas obrigada pelo palpite.

Beijos
Lu

Alex disse...

É falta de margueritas e de tirar um dia pra você sem nenhumaaaa responsa! Será que tu consegue viver apenas um dia pra VOCÊ e não pro mundo? rs...pense bem. bjooos.