Sobre a morte

Eu gostaria de agradecer aos comentários do post abaixo. Não me lembro da sensação de perder um ente querido - quando meu avô morreu, era muito pequena e só tenho flashes de lembranças -, mas imagino que seja a pior dor: a da alma.

Lidar com a morte - que pode ser da Isabela, menina que foi jogada da janela, da avó da Lu ou qualquer outra que desperte algum sentimento em mim - me deixa pensativa, introspectiva. É um momento de rever o que passou e avaliar se a linha que está sendo traçada corre na direção certa.

A única certeza da vida é a morte... e a cada dia que passa estamos mais perto dela. Na hora que "aquele" filminho passar, devemos ter a certeza de que valeu a pena.

Obs: Não conheci a dona Maria, mas com toda certeza "aquele" filminho de muita luta e amor a fez descansar em paz.

1 comentários:

Super Mila disse...

Me indentifiquei muito com o seu post.
Se tem uma coisa que eu morro de medo é da morte. Tanto de morrer, quanto de perder alguém próximo a mim.
Assim como você, não perdi tantas pessoas assim na minha vida... Perdi um bisavô quando era bem pequena, e tudo que me lembro desta data é que dormi chorando, não achava justo!
Depois foi o meu avó materno, a uns três anos ,que apesar de uma personalidade muito difícil, eu o amava muito. Mas como a gente não estava tendo tanto contato, eu achei ruim, chorei muito, mas não sofri tanto... mas ainda o sinto perto de mim ás vezes...

Mas tenho pensado muito sobre este assunto ultimamente. Muitas vezes agradeço à Deus por ele ter me poupado destes acontecimentos, mas será que foi melhor?
Tenho tido muitos motivos pra acreditar que só os problemas, as situações quando são vividas, nos trazem crescimento, e só lidando com uma situação pra saber com certeza como passar por ela, crescer, tirar a lição que tinhamos que tirar.
E agora sinto que talvez fosse melhor ter passado por isso antes, porque hoje já saberia como é, e lidaria melhor com tudo quando acontecesse. Me sentiria mais segura!
Então, acho que não temos que ficar pedindo à Deus pra nos livrar dos nossos problemas, e sim, pra nos dar forças pra lutar quando eles aparecerem, porque só assim iremos crescer.

Mas isso tudo sem querer controlar as coisas, porque sabemos que tudo só acontece quando tem que acontecer!

Ü

*adorei o blog de você, vai virar visita diária! =*s